Archive for the ‘Atlético/MG’ Category

h1

Boa sorte!

17 de dezembro de 2010

O Atlético/MG acaba de anunciar Richarlyson como mais um reforço pra temporada.

O Galo contratou um jogador que os treinadores amam, mas os torcedores nem tanto…

Richarlyson é um jogador versátil, que joga em várias partes do campo e que, com isso, oferece ao técnico inúmeras opções de mudanças táticas antes e durante a partida. O aspecto físico é outro ponto positivo a favor do ex-sãopaulino. Poucas lesões e muita correria fazem parte do currículo dele.

Mas, apesar da versatilidade, Richarlyson faz tudo de forma mediana. Zagueiro e lateral nota 3, volante nota 5 e meia nota 2. Estabanado e, infelizmente, joga bem menos do que acha(m) que ele joga.

As polêmicas também devem ser levadas em conta. Por morar em Belo Horizonte, acredito que a torcida atleticana não deverá ser tão tolerante a apliques, festas GLS e afins. Cabe à diretoria e ao jogador evitar esse tipo de desgate, pois a fusão “mau futebol + polêmicas” podem ser desastrosas pra ambos.

Boa sorte ao Richarlyson!

Mais sorte ainda ao Galo!

Abraços!

Anúncios
h1

Enfim, um ídolo!

28 de outubro de 2010

Já há algum tempo em que uma série de amigos atleticanos me falam algo que, no fundo, eu não levava muita fé…

Diziam o seguinte: “Cara, o Galo tem um goleiro na base chamado Renan que é muito melhor que qualquer um desses que o Atlético contratou nos últimos tempos!”

Os dias se seguiram e a camisa 1 atleticana, de tantas glórias e já usada por goleiros como João Leite, Taffarel e Ortiz, ia passando de mão em mão por atletas que não tinham identidade / capacidade de vestir algo tão valioso.

Edson, Carini, Aranha e Fábio Costa. Todos tiveram suas chances, todas em vão.

Com a chegada de Dorival Júnior, um menino veste a camisa de goleiro do Galo. O número 1 não estava às costas, mas o que é um número para um time que apresentava inúmeros problemas embaixo das traves?

Personalidade, confiança, liderança, agilidade e uma enorme vontade de ajudar o Atlético a sair da ZR. Com essas características, Renan Ribeiro vem sendo o grande destaque do time nessa reta final de Brasileirão.

Mas o que mais impressiona nesse início de carreira entres os profissionais é o quanto torcedores atleticanos confiam, respeitam e vibram com Renan! Cada defesa é comemorada como um gol, tamanha a simpatia que os atleticanos tem pelo seu novo goleiro!

Então, mesmo com os gols marcados por Tardelli no ano passado (até porque, esse ano, ele está devendo…), mesmo com todo carisma de Obina (coisa que ele terá em qualquer clube que passe), mesmo que o futuro reserve muitos gols e glórias para Diego Souza, nenhum deles tem tamanha identificação com a Massa do que Renan Ribeiro.

Enfim, o Galo, novamente, tem um ídolo!

Parabéns Renan!

Abraços!

h1

Birrinha?

26 de setembro de 2010

Mais uma vez a torcida apoiou e, mais uma vez, o Galo saiu de campo com uma derrota nesse campeonato…

Como já disse no post anterior, não acredito em milagre, mas hoje o Atlético/MG mostrou algo diferente das outras partidas:

Correria!

Tudo levava a crer que o Grêmio golearia o Galo em casa, mas o time mostrou um empenho que até então não havia mostrado.

O empate seria um resultado mais justo.

Agora duas perguntas:

1. Vide o empenho maior que o normal na partida de hoje, será que rolou alguma birra pessoal dentro do Atlético/MG a ponto dos jogadores fazerem corpo mole para derrubar o Luxemburgo?

2. Depois da saída do goleiro Diego, o Galo passou maus bocados atrás de um verdadeiro camisa 1, que desse a segurança necessária na meta alvinegra. Porque colocar esse ótimo Renan Ribeiro no pior momento da equipe nos últimos anos, hein?!

Abraços!

h1

Atitude tardia

24 de setembro de 2010

Não tem muita coisa a dizer sobre a saída de Luxemburgo do Atlético/MG.

A derrota de ontem para o Fluminense foi o ponto final de uma história que tinha tudo para dar certo, pois a estrutura física do Galo em conjunto com a capacidade de jogadores e comissão técnica não condizem com o lugar ocupado na tabela do Brasileirão.

O grande problema foi que essa atitude foi tomada de forma tardia. O Atlético encontra-se hoje na 18º posição e com uma tabela muito amarga nas próximas rodadas.

A reformulação desse time não deveria ficar somente na comissão técnica, pois vários medalhões não renderam o esperado e, pior do que isso, não apresentam perspectiva de melhoras, seja na parte física ou técnica.

Torço muito para que o Galo siga o exemplo do Fluminense/2009 e saia dessa situação, pois sua grandiosa torcida não merece passar por isso mais uma vez.

Mas, sinceramente, não acredito em milagres…

Abraços!